O que você vê quando olha para seu passado? Eu decidi fazer isso hoje e fiquei orgulhoso da trajetória até aqui. Se você acompanha o Clube da Robótica há pouco tempo, o convido a conhecer a nossa história. Mas caso esteja conosco desde o início, agradeço muito por acreditar em nos.

Sem mais delongas, vamos a linha do tempo…

Em abril de 2019 decidi encerrar as atividades como professor de Robótica em outras instituições, e começar de forma independente o Clube. Iniciamos os trabalhos em maio de 2019. Foi um período difícil, muito trabalho manual, pouca grana (é assim até hoje) e surra do mercado (o mercado não tem piedade). Foram 12 meses de saldo sempre no vermelho (é assim até hoje também).

Em abril de 2020 a situação ficou ainda pior. Completando um ano de vida entramos na pandemia. Com as atividades paralisadas não tive escolha, o clube fechou e a sociedade que havia feito para abrir a primeira unidade acabou também. 

Em maio de 2020 devolvi a sala onde ficava o clube da robótica aos proprietários. Lembro que o que ficou foi um saldo de cerca de 600 reais, proveniente de um reembolso de aluguel pago adiantado. Foi com esse valor que o clube renasceu. Iniciamos a RobotBox. Produzimos 10 caixas, com muito medo de não vender e acabar afundando ainda mais. Naquela época as caixas eram feitas todas a mão, com a nossa logo pintada a canetão dentro da minha enorme quitinete de 20 metros quadrados. 

Foram mais de 100 caixas feitas com muito amor e canetão até o Clube ressurgir. Entramos no hub de inovação da UEPG e iniciamos a nossa reconstrução. Muito trabalho manual novamente para reconstruir o laboratório.

Desde o início da RobotBox conseguimos alcançar 19 estados, reestruturar o clube da robótica e voltar com as atividades de ensino.

Em abril de 2021 iniciamos as negociações para começar um novo sonho, e, de forma natural, a primeira filial do Clube ganhou vida. Sim, passamos por abril sem fechar pela primeira vez rsrsrs. E agora somos duas unidades do clube da robótica. 

Sem investimentos, sem prejudicar ninguém, fazendo algumas loucuras e principalmente trabalhando muito e com muita vontade de fazer dar certo, independentemente das circunstancias. Essa é a história do Clube da Robótica que acaba se misturando com a minha. 

A todas pessoas que passaram pelo Clube, sejam clientes, amigos ou colaboradores, meu muito obrigado!